Capítulo 7 : WinDi Tradução Directa (WTD) (tradução interactiva de frases).

7.1. Principios gerais do WinDi Tradução Directa (ler atentivamente).

Esta aplicação não é um tradutor automático. Trata-se de uma aplicação bastante interactiva, que lhe permitirá a criação de frases gramaticalmente correctas na sua língua materna, e de obter a sua tradução em seis outras línguas. Não pode importar frases para esta aplicação para obter a sua tradução automaticamente. Deve sempre criar as suas frases de forma interactiva no interior desta aplicação. Para tal, deve escolher uma das estruturas gramaticais disponíveis, e modificá-la palavra por palavra. Este método constitui a única forma fiável de obter uma tradução correcta ! Outros procedimentos forneceriam traduções nas quais o contexto das palavras não seria respeitado, o que alteraria todo o sentido das suas frases, ou resultaria em frases cuja estrutura gramatical estaria completamente incorrecta.

WinDi Tradução Directa (WTD) dá-lhe a possibilidade de produzir frases correctas numa língua que domina pouco ou nada. Para tal, WTD dá-lhe acesso a uma série de frases "tipo" (sujeito-verbo-complemento,etc.), que pode adaptar totalmente às suas necessidades de tradução. Pode substituir, em cada uma das frases, o sujeito, o verbo, o complemento, o adjectivo, etc. por qualquer palavra que se encontre no WinDi Dicionários. Assim, "construirá" novas frases que serão perfeitamente integradas pelo WTD que, ainda se encarregará da gramática das suas frases (concordância dos particípios passados, etc.). As traduções obtidas estarão correctas.

Por razões de clareza e eficácia, o WTD propõe-lhe sete "famílias" de frases "tipo". Ao escolher uma das frases propostas, pode na realidade construir +-2,7 1040 frases ! Com efeito, o verbo pode ser substituído por 6.000 outros verbos, existem no WinDi 24.000 substantivos (sem ter em conta os seus eventuais plural e feminino) e aproximadamente 6.000 adjectivos, o que torna este tipo de combinações possível pela multiplicação dos elementos uns com os outros. Note igualmente que este software não vos impedirá de escrever frases sem sentido. O mesmo acontece com os processadores de texto por exemplo !

O principio essencial do qual se deve sempre lembrar é : "tudo se pode exprimir simplesmente". Ao utilizar construções de frases simples, tem a certeza de que se fará compreender…Se não encontrar o tipo de frases de que necessita entre as frases propostas pelo WTD, tente reformular a sua mensagem adaptando-a aos exemplos simples disponíveis nesta aplicação. Habituar-se-á rapidamente a este princípio. Assim, descobrirá no WTD um instrumento de ajuda na tradução completo e eficaz que lhe permitirá comunicar com outras pessoas sem barreiras linguísticas.

Afim de evitar manipulações inúteis ao criar uma nova frase, aconselhamos-lhe vivamente a modificar cada elemento na ordem seguinte :

1. Verbo : primeiro o verbo conjugado, depois o verbo infinitivo (se houver)

2. Sujeito : primeiro o adjectivo (se houver), depois o nome.

3. Complemento : primeiro a preposição (se houver), depois o adjectivo, e finalmente o nome.

4. Pronome.

Atenção : ao criar um sujeito ou um complemento, seleccione primeiro o adjectivo (se houver), de seguida a preposição (se houver, no caso do complemento), e por fim o nome. Se não proceder desta forma, e seleccionar primeiro o nome (antes da preposição e do adjectivo), arriscar-se-á a perder o artigo que seleccionou nas variantes gramaticais assim como as concordâncias em género e em número do adjectivo. Se apesar de tudo tiver que modificar a preposição ou o adjectivo para mais tarde, deve voltar a seleccionar o nome afim de obter uma tradução correcta.

7.2. Como aceder ao WinDi Tradução Directa.

A partir do Menu WinDi, e de cada ícone "Menu" presente em todas as aplicações WinDi.

7.3. Primeiro écran : escolha da frase a modificar e adaptar.

Écran 6.

7.3.1. Selecção da língua de origem.

Aconselhamos-lhe vivamente a efectuar as traduções a partir da sua língua materna. Com efeito, se a frase de origem estiver correcta, a frase de destino também estará correcta. Seleccione a sua língua materna de entre as línguas representadas na lista superior dos símbolos das línguas, e a língua de destino na lista de baixo. As bandeiras situadas no canto superior direito mostram-lhe a sua escolha. No início, as línguas de origem e de destino são as que selecionou no Menu WinDi.

7.3.2. Escolha da frase a modificar.

As frases estão classificadas em 7 grupos. Cada frase é um exemplo de frase possível a partir do grupo ao qual ela pertence.

Este grupos são :

- Grupo 1.1 : Excerto de frase introductiva : sem verbo, esta permite construir uma série de complementos que integrarão a frase. (ex. : a seguir à sua viagem, no quadro das suas actividades,etc.)- Grupo 1.2 : Voz activa : o verbo conjugado está na voz activa. A última das frases propostas neste grupo permite juntar um complemento directamente após o sujeito.

- Grupo 1.2.1 : Voz activa : neste caso, o verbo conjugado é obrigatóriamente o "ser". Ele é directamente seguido de um adjectivo. Tem a possibilidade de juntar os complementos depois do adjectivo.

- Grupo 1.3 : Voz passiva : aqui o verbo conjugado está na voz passiva. As estruturas gramaticais são contudo as mesmas que nas frases na voz activa.

- Grupo 1.4 : Voz activa com dois verbos (verbo + infinitivo) : estas frases contêm um verbo conjugado e um verbo no infinitivo.

- Grupo 1.5 : Voz activa com dois verbos : estas frases contêm dois verbos conjugados. As três primeiras frases começam por um nome directamente seguido do pronome relativo "que". A última frase começa por um nome seguido de um verbo directamente seguido do pronome relativo "que".

- Grupo 1.6 : Voz passiva com dois verbos : estas frases contêm dois verbos conjugados: A sua estrutura é idêntica à das frases na voz activa com dois verbos, mas aqui o segundo verbo está na voz passiva.

- Grupo 2.1 : Voz activa (outros exemplos) : as frases começam com um complemento.

- Grupo 2.2 : Voz activa com dois verbos (outros exemplos) : as frases contêm um verbo conjugado e um verbo no infinitivo sendo os dois introduzidos por um complemento.

Cada frase pode conter até 5 complementos. Um "complemento" é, ora um grupo de palavras composto de: [(preposição) + artigo + adjectivo + nome], ora um advérbio (amanhã, também, etc.).

Antes de começar a tradução de uma frase, é extremamente importante identificar o grupo ao qual ela pertence. Afim de o ajudar a identificar o tipo de frase que deseja traduzir, o botão [C], no primeiro écran, fornecer-lhe-á a estrutura gramatical de cada frase.

Eis como proceder : se, por exemplo, deseja traduzir a frase "je lirai ce livre après-demain", deve saber se se trata de uma frase na voz activa ou passiva (neste caso, trata-se da voz activa), se ela contém um ou dois verbos (neste caso um), e quantos complementos contém (neste caso dois : "ce livre" e "après demain"). Escolherá a seguir, em função destes elementos, uma frase que figure no grupo 1.2 (activa), por exemplo a frase "Nous acceptons les conditions", e modificará cada elemento desta frase de origem no segundo écran, afim de obter "Je lirai ce livre après demain".

Para seleccionar uma frase do primeiro écran, clique em cima, e clique de seguida sobre o ícone "dicionário". Chegará assim ao segundo écran, onde pode modificar a frase de origem.

7.3.3. Utilização das outras funções WinDi.

O ícone "menu" permite-lhe abrir o WinDi Dicionários, WinDi Conjugação, Voice for WinDi, a Gestão de Projectos de Tradução, o Editor Duplo e o WinDi Browser. No que diz respeito à utilização destas funções, dirija-se aos capítulos que lhes são consacrados.

7.3.4. Como sair do WTD.

Para minimizar o WTD, clique sobre o ícone "porta" (primeiro écran) com o botão esquerdo do rato. Para descarregar completamente o WTD da memória, clique sobre o mesmo ícone com o botão direito do rato.

7.4. Segundo écran : construção e tradução das suas frases.

Écran 7.

Este écran permite-lhe adaptar a frase de origem da sua escolha ao contexto particular que lhe interessa, e isto, modificando todas as palavras que a compõem.

Para o fazer, deve utilizar as três listas seguintes,: "Elemento", "Elemento gramatical" e "Conjugação". Não se esqueça de seguir a ordem dos elementos a modificar, como especificado no parágrafo 7.1 (Princípios gerais do WTD).

7.4.1. Resumo rápido das diferentes funções deste écran.

7.4.1.1. A lista "Elemento"

Esta lista apresenta o nome de cada elemento gramatical contido na frase escolhida, na sua ordem de aparição no interior da frase. Ao seleccionar um destes elementos na lista, a palavra que lhe corresponde na frase aparece seleccionada. Torna-se assim possível de a substituir ou de a suprimir (zone [X]). Por defeito, assim que começa a tradução, a lista apresenta-se de forma a que possa começar por modificar o sujeito da frase. Notará que cada elemento é seguido de uma palavra ao qual ele corresponde na frase com a qual trabalha (por exemplo, no écran 7, "Subject" é seguido de "software"). Isto tem por objectivo ajudá-lo a identificar qual é o elemento que quer modificar ou suprimir. Cada vez que juntar um elemento à sua frase, vê-lo-á aparecer na lista. Por exemplo, se juntar o adjectivo "beau" à sua frase, verá aparecer "Adj.1 (beau)" na lista, em vez de somente "Adjectivo 1".

7.4.1.2. A lista "Elemento Gramatical".

Esta lista varia em função do elemento escolhido na lista "Elemento". Se escolher o elemento "Verbo", esta lista mudará de nome e intitular-se-á "Verbo", e obterá uma lista de verbos.

Este procedimento aplica-se igualmente aos pronomes, aos adjectivos, às preposições, etc. Em baixo desta lista encontra-se igualmente uma zona de codificação que lhe permite encontrar facilmente uma palavra contida na lista. Basta-lhe então escrever a palavra nesta zona até que esta se inscreva na lista como estando seleccionada ( se mesmo assim a palavra foi introduzida no Dicionário do Utilizador (User Dictionary) (Ver ponto seguinte).

7.4.1.3. A lista "Elemento gramatical", e como aceder ao écran "Selecção de palavras" (adição de palavras na lista "Elemento gramatical" através do Dicionário do Utilizador).

A lista "Elemento gramatical" contém as palavras que utiliza mais frequentemente nas suas traduções. Esta lista estará vazia quando utilizar o WTD pela primeira vez, excepto para o "Sujeito" onde encontrará os pronomes pessoais, para os "Pronomes" para o "Verbo 1" nas frases contendo dois verbos ( 1 verbo conjugado + 1 verbo no infinitivo, e a frase onde o verbo 1 é directamente seguido de um pronome relativo).

A linha *** Open WinDi Dictionaries *** (Abrir os Dicionários WinDi) situada em cima da lista "Elemento gramatical" permite-lhe criar a sua própria lista de verbos, de preposições, de nomes, etc. abrindo o dicionário WinDi e "transferindo" as palavras de que necessita para o WTD. Clique sobre esta linha para obter a janela "Word Selection" (Selecção de palavras) (ver écran 8 em baixo). Atenção : esta função está ligada ao tipo de elemento gramatical seleccionado : se tiver seleccionado o elemento gramatical "verbo", esta janela dará acesso a todos os verbos contidos no WinDi, se seleccionar o elemento gramatical "adjectivo", esta janela dará acesso a todos os adjectivos do WinDi, e assim sucessivamente.

Écran 8.

Esta janela está dividida em duas partes. O écran de baixo mostra-lhe as palavras contidas no WinDi Dicionários, pertencendo a uma categoria gramatical particular. O écran de cima é o "User Dictionary" (Dicionário do Utilizador), que conterá as palavras das quais necessita para realizar a tradução. Este dicionário do Utilizador corresponde à lista "Elemento gramatical" que aparece no écran 2 do WTD.

Para encontrar facilmente a palavra que deseja transferir para o seu Dicionário do Utilizador, escreva-a na zona de codificação situada em baixo desta janela, e a aplicação posicionar-se-á automaticamente por cima.

Não escreva o artigo dos nomes que procura, uma vez que estes aparecem de qualquer forma antes dos nomes. Igualmente, quando procurar um verbo inglês, não o escreva precedido de "to", o que impediria o WinDi de o encontrar na base de dados.

Para introduzir uma ou várias novas palavras no Dicionário do Utilizador, clique sobre cada uma das palavras desejadas e clique de seguida sobre "Add to User Dic." (Adicionar ao Dicionário do Utilizador).

O botão "Delete from Dic." (Suprimir do Dicionário do Utilizador) situado no écran "Word Selection" (Selecção de palavras) permite-lhe apagar palavras da lista "Elemento gramatical", se esta tiver demais.

Ao seguir este procedimento, criará o seu próprio instrumento de tradução, contendo o vocabulário que utiliza frequentemente. Para além disso, a aplicação funcionará mais rapidamente e não será demasiado exigente em memória.

Depois de ter adicionado todo o vocabulário desejado ao Dicionário do utilizador, clique sobre a porta para voltar ao segundo écran WTD, a partir do qual poderá criar as suas frases.

Se desejar apagar um elemento da sua frase, clique simplesmente sobre [X], sempre presente no topo da lista "Elemento gramatical".

Advertência : depois de adicionar uma palavra ao Dicionário do utilizador, se desejar modificá-la através do módulo WinDi Codificação, deve anteriormente retirar esta palavra do Dicionário do Utilizador. Depois das suas modificações no WinDi Codificação da respectiva palavra, poderá reintegrá-la no Dicionário do Utilizador. Por defeito, as suas modificações não serão tomadas em conta no WTD.

7.4.1.4. "Concordância em género e em número" (WinDi Gramática).

Écran 9.

Este écran é igualmente acessível a partir do WinDi Dicionários, quando este apresenta um nome, um adjectivo ou uma preposição. Em todos estes casos, clique sobre o ícone "livros castanhos" situado em cada uma das zonas de língua e obterá o écran representado em cima, permitindo-lhe construir no dicionário sujeitos ou complementos. Esta função dá acesso a milhares de combinações potenciais.

Cada vez que seleccionar um nome (sujeito ou complemento), acede a este écran que lhe dá acesso ao seu plural e ao seu feminino (se estes existirem) assim como a diferentes possibilidades (variantes) relativas ao nome escolhido.

Este écran apresentará o nome precedido de uma preposição (se tiver seleccionado uma), de uma série de "variantes" (artigos definidos, indefinidos, possessivos, demonstrativos, etc.), e de um adjectivo (se tiver seleccionado um). Assim, se escolher o nome "história", obterá diversas possibilidades que poderá integrar na sua frase : "esta história", "minha história", "cada história", etc.

Seleccione uma das "variantes" e volte de seguida ao écran de criação de frases.

NB: No que diz respeito à função "plural" em baixo no écran "Concordância em género e em número", esta não estará disponível para as palavras "incontáveis" como "açúcar", etc., assim como para as palavras designando uma qualidade ("delicadeza"…) ou uma noção ("natureza", "amor",…). Contudo, se no seu ramo de actividades tiver necessidade do plural de uma palavra normalmente incontável (ex : os açúcares), sugerimos-lhe que a adicione à sua base de dados por intermédio do WinDi Codificação. Para informações mais detalhadas, ver Cap 6.4. : "Particularidades ligadas à codificação de nomes comuns".

7.4.1.5. A lista "Conjugação".

Graças a esta lista, pode modificar o tempo do verbo da frase que seleccionou clicando sobre o tempo desejado.

7.4.1.6. Acesso às outras variantes gramaticais (interrogação, negação, etc.).

Ao efectuar uma modificação / tradução, tem sempre acesso a outras variantes gramaticais (negação, questão, questão negativa) através de um simples "clic" num dos 4 ícones situados na lista "Conjugação".

Estas variantes são, da esquerda para a direita : afirmação (mesma frase que no primeiro écran da aplicação ) (+); negação (-); questão (?); questão negativa (?-).

Assim, se a frase que deseja construir é uma questão, encontrará a forma afirmativa no primeiro écran e a variante de que necessita no segundo écran, clicando sobre o ícone (?).

7.4.1.7. Tradução da sua frase em 7 línguas : botão "7".

Écran 10

Assim que tiver criado a sua frase, pode obter a sua tradução instantânea em 6 outras línguas ! Basta-lhe para tal clicar sobre o botão "7" situado ao lado dos símbolos das línguas". O WTD fornecer-lhe-á a tradução da sua frase num écran dividido em sete zonas de línguas.

Este écran pode ser utilizado como um clipboard : cada vez que clicar sobre o botão "7", o WTD adiciona a tradução da nova frase à continuação das frases já traduzidas.

O ícone "tesoura" permite esvaziar este écran. Se não utilizar esta função, todas as frases contidas neste écran serão guardadas, e isto, durante todo o tempo que a aplicação estiver activa (mesmo se a minimizar).

Problemas eventuais relacionados com esta versão : queira notar que esta função "7" não fornece sempre resultados perfeitos, nomeadamente quando apenas o sujeito de uma frase foi modificado, e nada mais. Neste caso, os resultados obtidos pela utilização desta função "7" não são garantidos (a variante escolhida para o sujeito ou para o complemento não é sempre idêntica em todas as línguas). Esta falha é extremamente complicada a identificar, mas será corrigida numa versão ulterior do software.

7.4.1.8. Acesso às outras funções WinDi (écran 7).

WinDi Dicionários, WinDi Conjugação, WinDi Browser e Editor Duplo são acessíveis através do ícone Menu situado em baixo no écran. Voice for WinDi está acessível nas duas zonas de tradução.

 7.4.1.9. A função "clipboard" (écran 7).

Afim de importar uma das frases para uma outra aplicação Windows, clique sobre o ícone "WinDi Clipboard" presente nas duas zonas de tradução. Utilize a seguir a função Windows "Colar".

7.4.2. Explicações suplementares relacionadas com o écran 7.

- "Sujeito/n" : Quando este elemento é seleccionado, os pronomes pessoais "eu", "tu", "ele", etc., aparecem na lista "Elemento gramatical" para além dos nomes que escolheu. Tenha o cuidado de escolher o género e o nome correcto dos seuss pronomes pessoais (masculino ou feminino, forma polida no singular ou no plural, etc.). Esta escolha é muito importante por exemplo, para a concordância em género e em número dos particípios passados italianos e franceses.

Mais ainda, ao escolher um novo sujeito, o WTD propõe-lhe, através de um écran intermédio, diferentes "variantes" (ver ponto 7.4.1.4).

- "Adjectivo" : o adjectivo deve ser sempre seleccionado antes de escolher uma variante particular (no écran "Concordância em género e em número), senão, este não estará em concordância ao nível do género e do número com o nome ao qual diz respeito. Por exemplo, se desejar construir o complemento "os seus novos amigos", seleccione primeiro "novo", depois "amigo" e escolha de seguida a variante certa no écran "Concordância em género e em número".

- "Pronome" : a função do pronome é muito delicada. Escolha-o cuidadosamente e assegure-se de que o seu sentido é claro. De momento, os pronomes não podem ser utilizados a não ser em referência a pessoas e não a coisas. E isto porque um objecto pode ser feminino numa língua e masculino noutra ! O pronome utilizado pode não estar assim correcto em todas as línguas, a menos que o utilizador não precise à aplicação qual o nome que este pronome substitui !

Se desejar utilizar uma construção de frase na qual uma preposição é seguida de um pronome (ex : avec moi, après lui, etc.), utilize a terceira frase do Grupo 1.2 ("Votre collègue arrive avec lui au bureau cet après-midi").

- "Verbo" : para as frases contendo dois verbos (um verbo conjugado e um verbo no infinitivo), a lista "Verbo1" propõe-lhe mais ou menos 150 verbos correctamente definidos do ponto de vista gramatical no que diz respeito e esta construção particular. O mesmo acontece para o verbo 1 contido nas frases que possuem a estrutura Sujeito + Verbo1 + Pronome relativo (that, que, che, daß, dat).

- "Complemento 1" : ou 2, 3, 4. O complemento, assim como o sujeito, é um nome. Ao escolher um novo complemento, o WTD propõe-lhe diferentes "variantes" através de um écran intermédio (ver ponto 7.4.1.4.). Ver igualmente "Advérbios" mais em baixo.

- "Preposição" : Tenha cuidado e escolha-a com o máximo de precisão, uma vez que dela depende a qualidade da sua tradução. Quando escolhe um verbo proveniente do WinDi Dicionários já seguida de uma preposição (por exemplo : servir-se de), não é possível modificá-la. Neste caso, se juntar uma preposição, a sua tradução arrisca-se a estar incorrecta.

- "Infinitivo" : esta lista fica disponível quando modifica uma frase pertencendo ao grupo 1.4 (voz activa com dois verbos). Esta permite modificar a forma infinitiva contida na frase.

- "Advérbios" : quando o elemento escolhido é um complemento (1,2,3 ou 4), pode inserir um advérbio. Pode aceder aos verbos clicando sobre a linha *** Open WinDi Dictionaries ***. Por exemplo, se desejar juntar "hoje" à sua frase, basta-lhe seleccionar "Complemento" na lista "Elemento", clicar de seguida sobre *** Open WinDi Dictionaries***, e escrever "hoje" na zona de codificação do écran "Word Selection). Para os advérbios indicando uma noção de tempo (ontém, agora, etc.), aconselhamos-lhe a utilizar as frases começando por um complemento (grupo 2.1 ou 2.2), e a inserir o advérbio no lugar do primeiro complemento (ex : Amanhã, encontrará o meu colega).

7.5. Advertências importantes relacionadas com esta aplicação.

Note que o "WinDi Tradução Directa" tem algumas limitações.

Tenha cuidado ao criar frases complexas com pronomes, etc., para que estas estejam correctas na sua língua materna. Regra geral, tente formular o seu texto com frases simples que possam ser facilmente incluídas. Se a frase que deseja traduzir não estiver conforme as estruturas propostas, tente simplificá-la. Faça várias pequenas frases em vez de uma só frase longa. Leia também o capítulo 9 "Questões recurrentes", questão 13.

Ao longo do trabalho, pode acontecer que apareça, na língua de destino, a sequência de caractéres "-???-" em vez de um verbo ou de uma variante (sujeito ou complemento). Isto significa que a tradução que pediu, ou ultrapassa as capacidades do WTD, ou é impossível na língua de destino que escolheu. Tente então encontrar um sinónimo do verbo ou da variante que causa o problema.

7.5.1. Inglês.

- As formas terminadas em "ing" ainda não estão disponíveis. Mais ainda, a utilização destes tempos em inglês depende muito do contexto no qual se inscrevem as frases. Poderíamos resolver este problema graças a um sistema de tradução ainda mais interactivo. Contudo, a utilização imprecisa de um tempo não impedirá ninguém de compreender a mensagem contida numa frase.

- Construir frases como "My father's car" não é possível. Em vez de escrever isto, deverá escrever : "The car of my father", frase que não é idiomática, mas que será traduzida correctamente nas outras línguas.

7.5.2. Alemão.

- Alguns erros de declinação podem surgir para os pronomes e para os complementos, Isto deve-se a uma falta temporária de informações relativas a alguns verbos e às declinações que os devem seguir.

Ex. : "Ich danke meinem Professor (dativo)" : esta frase está correcta, o verbo "danken" sendo conhecido da aplicação como devendo seguir-se de um complemento dativo. "Wir erinnern Ihnen (dativa) daß, ..." : aqui, o pronome "Ihnen" está incorrecto, deveria ser "Sie" (acusativo). A aplicação não reconhece ainda o verbo "erinnern", contudo a tradução deste bocado de frase estará correcta nas outras línguas.

- Existem alguns erros de declinação devidos à ausência da noção de "movimento" relativa a algumas preposições (in, an, auf, unter, vor, hinter, über, neben, zwischen). Com efeito, estas são seguidas por um complemento dativo se nenhum "movimento" estiver implicado (Ich bin im Haus - eu estou em casa), e por um complemento acusativo em caso contrário (Ich gehe ins Haus - eu vou a casa).

- Os nomes comuns ainda não se declinam, embora seja necessário em alguns casos.

Ex. : "Das Auto gehört einem Nachbar" (o automóvel pertence a um vizinho) : neste caso, "Nachbarn" seria a forma correcta.

- A construção de frases utilizando o genitivo para indicar a posse não é possível.

Ex. : "Das Gesicht dieses Mannes ist freundlich" não é possível no WTD. Deve antes escrever "Das Gesicht von diesem Mann ist freundlich". Este tipo de construção pode parecer pesada para alguém de língua alemã, contudo, esta frase será correctamente traduzida nas outras línguas.

Para concluir, alguns erros poderão aparecer quando um utilizador de língua alemã criar frases em alemão. Contudo, estes erros não alteram a exactidão da sua tradução para as outras línguas. Com efeito, não existem declinações nas outras línguas disponíveis. Uma tradução executada pelo WTD para alemão não será sempre "fluente", mas será sempre percebida por um correspondente de língua alemã.

7.5.3. Espanhol.

- Para as frases que contêm o verbo "ser" seguido de um adjectivo, a diferença entre "ser" (ser-característica permanente) e "estar" (ser - característica temporária) não é ainda assegurada pela aplicação

- Os verbos como "gustar", "encantar", etc. que utilizam um pronome pessoal (me gusta…) não são correctamente conjugadas pelo WTD.

7.5.4. Português.

- Para as frases que contêm o verbo "ser" seguido de um adjectivo, a diferença entre "ser" (ser- característica permanente) e "estar" (ser - característica temporária) não é ainda - assegurada pela aplicação.

- Na "Concordância em Género e Número" aparece "o…deles/delas". A primeira opção corresponde ao possessivo masculino plural, e a segunda ao possessivo feminino plural.

7.5.5. Todas as línguas :

- Nas frases que contêm dois verbos conjugados, optámos por uma "simultaneidade" entre os verbos. Com efeito, há sempre correspondência de tempo entre eles.

- Seja prudente quando adicionar um advérbio; adicione-o de preferência no início da frase. Ex. : "Amanhã, eu …".Evitará assim os problemas de localização de palavras nas diferentes línguas.

7.6. Conclusão.

O WTD é um utensílio. Se o utilizar correctamente, este dar-lhe-á inteira satisfação. Pode utilizar o WTD de formas diferentes : para traduzir um pequeno texto frase a frase, para lhe ajudar a resolver um problema "gramatical" numa frase (em particular quando se trata de construções difíceis tais como as das frases interro-negativas ou da concordância ou da localização dos adjectivos, etc.), ou para aprender a estrutura gramatical das frases nas línguas estrangeiras.

Com um pouco de prática, a utilização do WTD parecer-lhe-á "natural". Este utensílio, bastante funcional, combinado comoutras funções do WinDi, pode ser utilizado para responder a todas as necessidades e problemas de tradução que possa encontrar. Utilizará o WTD como desejar e como resposta obterá traduções fiáveis e de boa qualidade.

Ao criar frases, respeite antes de tudo a ordem dos elementos a modificar, como explicado no início deste capítulo. Esta forma de proceder vai ajudá-lo a criar as suas frases rapida e eficazmente. Se escolher, por exemplo, o verbo depois de ter escolhido a preposição e o pronome, o novo verbo apagará por vezes a sua preposição, e apagará sempre o seu pronome, uma vez que de outra forma a tradução arriscar-se-ia a estar incorrecta. Tem então que voltar a seleccionar os elementos ! Se respeitar a ordem das modificações a efectuar, ganhará tempo e evitará manipulações inúteis.

A característica mais interessante do WTD é que ele permite aos seus utilizadores criarem textos nas línguas que não dominam. O resultado obtido é surpreendente e de alta qualidade : as frases assim criadas podem ser enviadas a correspondentes estrangeiros que compreenderão facilmente a mensagem que lhes é destinada ! O WTD é uma solução ideal para E-MAIL, fax, etc. Ver Cap. 9 "Questões recurrentes", questão 13.

_________________________________________________________________

Logo
Índice.

Visite o nosso site na Web : http://www.windi7.com